terça-feira, 7 de julho de 2009

Ajudem-me!

Oi gente!!

To passando por um problema e queria dividir com vcs. Meu filho é uma criança linda, inteligente e saudável, mas tem me dado problemas. Todos os dias tenho, da escola, reclamações de agressão. Ele sempre bate em um coleguinha e até na professora! Eu já conversei, briguei, tirei os brinquedos preferidos, coloquei de castigo e ontem dei umas chineladas. Confesso que não é meu método favorito, mas já tentei de tudo e nada resolve. Se vcs tiverem alguma sugestão, por favor me ajudem!!! Isso está tirando meu sono!!!
Falando nele, fiz essas coisas para o quarto dele. Tava precisando reorganizar. Essa caixa é para guardar as coisinhas de desenho como folhas, canetinhas, massinha, lápis de cor, guache, cola, tesoura, etc...


Latinhas para organizar quebras cabeças, dominó, e brinquedinhos de montar.

8 comentários:

florzinha Tá disse...

Xara..... Ficou tudolindo.. imagino como deve esta um encanto o quanrtinho do JP.
Mais menina essa situação é mesmo dificil .... Bom eu tbm tenho pequenos problemas com o Angelo na escola.. com briguinhas mais ñ dele agredir ninguem... So de ser meu bobão... coisa de menino... Eu sei como é, tira a gente do serio...... Eu to nessa face de proibir tudo .. Aprantou eu proibo os desenhos , video game..e assim vou ate ententerem....
Mais quem sabe uma conversa com premiação... ele passe a entender ...
Já fiz isso com ele.... Uma semana se comportantando bem legal.... Eu levo no 1,99 e tem direito a escolher um brinquedo, ou faço a comida que + gosta ... foi dando certo....
Amiga essa face passa .. tenta levar o + brando possivel... E falando sempre firme...
Deixa chorar.... ñ se comova....
meu marido diz que as vezes pareço um gelo ... Mais é asssim que eles sentem firmeça ... No que a gente esta passando, ensinando...
Bom espero que tenha sucesso. ^
Ñ sou a mais saiba pra aconcelhar mais quem sabe da certo pra vc ...Os meus agora ja entenderam .. Como podem perder podem ganhar....
Tenta....
Ñ esqueça dos elogios e afagos.....E va devolvendo as coisas....
Bommmmm estarei torcendo por vc.....
E o lindinho vai entender....
E quanto ao convite adorei, tenho muito vontade de ir ao RIo. Ja fui .. mais as cças ñ...
Há o meu cão ñ é nada educado... e ñ aguentei ficar com le dentro de casa ...suginho...
Beijokas..... chega de bla-bla...

♥Gi♥ disse...

Mt lindo as coisinhas do seu filho.
Eu tenho um "PEDRO" tb e que por sinal tem me deixado de cabeça quente! Ele tem 2 aninhos, ainda n vai à escola mas te um gênio terrível! Tenho tb uma menina de 1 aninho, por terem mt pouca difereça de idade é conflito td hora, e sempre ele quem provoca.
Desde bebê ele me preocupa,nunca dormia direito. Enfim, converse com o pediatra dele foi o que eu fiz e tenho feito direto. N caso do Pedro, o pediatra passou um remédio que deixou ele bem tranquilo. Durante o dia e tb a noite, e assim tem me deixado dormir melhor.
Bjs
Gi

DESCARGA PEDAGÓGICA disse...

Olá,
Vim retribuir a visita e me deparei com este texto.
Como professora há muuuuitos anos (opa, nem tanto porque sou jovem e linda, rs) vivencio muitos casos desses diariamente, todos os anos. E trabalho com os pequenos.
O que vejo quase como uma regra é que a criança é na escola o reflexo do que sente e vive em casa. Não estou dizendo que vocês são agressivos com ele. O que quero dizer é que, salvo raras excessões, algo o incomoda e ele desconta essa energia acumulada lá, nas pessoas que tem menos afinidade. Pode ser uma babá nova, uma separação ou briga entre os pais, uma mudança de escola ou de casa, a perda de um animal ou alguém da família. O caminho não é tratá-lo com mais agressões. Bater não resolve. Ouvi uma frase que me tocou muito: quando punimos uma criança no momento da raiva estamos nos vingando e não educando. Então tente minimizar este incômodo (descubra antes claro) e trabalhe dia a dia, porque é uma construção diária este aprendizado. Vc vai cansar, vai chorar, vai pedir ajuda, mas no fim o resultado será seu filho, consciente, feliz, sem traumas e principalmente, sabendo o que é certo e o que não é.
Espero ter ajudado.
Abraços

Cátia Cristina Artesanato... disse...

antes de tudo em conjuto com a professora q deverá ser sua aliada nesse momento, vc terá q descobrir antes de tudo o pq da agressividade se ele esta com raiva de alguma coisa se sente injustiçado pela professora e por isso vai agredindo ela, apesar de pequenos eles tem muita personalidade. Minha vizinha fez estagio em uma escola e disse q tinha um menino de 3 anos q qunado disseram q a professora de musica vinha ele disse q não há suportava q era muito chata, e a mesma comentou com minha vizinha sem saber do comentario do menino q já havia percebido q o pequeno não gostava dela desde do inicio.
Então primeiro observe investigue para descobrir o real motivo de tudo até se ele não esta imitando alguem ou ate mesmo um desenho animado
espero ter ajudado
lindos trabalhos

Kariny Diniz disse...

Oi Talita!
Estava no blog da Cátia e fiquei curiosa em conhecer vc, em relação ao texto todas as amigas estão corretas, deves procurar qual o motivo da agressividade, parece q vc trabalha, com quem ele fica?Já tem quanto tempo q isso anda acontecendo?Todas as possiveis perguntas tem que ser feitas, p/ encontrar-mos uma soluçao, eu sei q todas as crianças tem fases e sei tb que muitas pessoas vão te ajudar.
Aki nesse mundo virtual, eu costumo dizer q somos uma família, mesmo longe uma tenta ajudar a outra de alguma forma e isso me faz muito bem.
Adorei conhecer teu cantinho, vc faz trabalhos lindos, e vou voltar mais vezes tá.
Q Deus abençoe sua Família, bjim c/ Amor e Arte.

Denise disse...

Linda as pecinhas que vc fez pro João Pedro!!

Olha, não tenho filhos, mas já tive experiência com crianças em escola. Lá na escolinha dele não tem uma psicopedagoga ou psicóloga? Seria bom se ela pudesse dar uma olhadinha nele pra ver de onde vem essa agressividade. É bem comum na idade dele e , de repente, pode ser algo simples de resolver. As causas podem ser diversas e podem ser coisas simples que nem imaginamos.
Converse lá na escolinha dele e peça orientação.
Beijos

Coração Bordado disse...

Oi Talita, como vai?
Conheci seu cantinho através do cantinho da minha amiga Rosana (Bellas Artes).
Gostei bastante de seus trabalhos e vou continuar acompanhando.
Quanto ao seu filho, a minha comadre também passou por situação semelhante, hoje o filho dela está com 6 anos e faz tratamento, ele é hiperativo. Ela só descobriu depois de muitas conversas com outras mães, professoras e médicos. No início ela ficou bem chateada, mas descobriu no momento certo e hoje eles estão bem. Não estou dizendo que é o caso de seu filho, mas concordo com tudo o que as amigas comentaram aqui no que diz respeito a investigar todas as alternativas. Tenho uma filha com 11 anos, sempre foi calma, porisso não tenho experiência em se tratando de meninos, que dizem serem mais levadinhos né? Talvez seje só mais uma fase também. Logo, logo tudo estará resolvido.
Um beijo, fique com Deus,
Elenice

Pati Donida disse...

Oi amiga,

tem um selinho para vc lá no meu blog, passa lá pra buscar...

Beijos...